Hoje é dia de conferir as novidades de fevereiro de algumas marcas. Tem protetor solar, maquiagem, roupas lindas, tênis lindos ahhhhh…tem até roupa pra pular carnaval! Vamor ver? 👀

Natura: Linha Natura Faces

A linha de maquiagem Natura Faces está toda de cara nova. Com o conceito #tánacara #tánarua, a linha conta com uma nova proposta que busca dialogar com jovens urbanos e modernos. A marca brasileira redesenhou as embalagens e ampliou seu portfólio com produtos 2 em 1, multibenefícios e combináveis entre si. Os itens são fáceis de usar, práticos de carregar e possibilitam diferentes looks para o dia e para a noite, tanto para mulheres quanto para homens.

Imagem: Divulgação

Para o relançamento, batons, lápis para olhos e máscaras para cílios são destaques. Para este mês estão disponíveis 9 tons do batom cremoso (com espelhinho na tampa para o retoque da maquiagem a qualquer hora), minilápis extrapreto para olhos, máscara curvex preta 3 em 1 (volume, alongamento e curvatura), máscara incolor para olhos e sobrancelhas, duas opções de sombra trio, base extraleve, corretivo e pó compacto. Entre os acessórios uma nécessaire em jeans.

Já para os próximos meses, a linha traz ao mercado a caneta delineadora chanfrada que facilita a aplicação e pode ser usada para delinear o olho ou desenhar na pele, o balm 3 em 1 para hidratar os lábios, colorir como batom e/ou blush, os batons nas versões matte e líquido, e novas opções de máscara para cílios, sombras e acessórios.

Os preços sugeridos dos produtos foram mantidos e estão entre R$ 13,90 e R$ 33,90.
Disponível online em: www.natura.com.br

La Roche-Posay: ANTHELIOS DERMO PEDIATRICS

O protetor solar feito especialmente para crianças está em novo formato e preço.

Agora o produto possui 120 ml (antes era 100ml) e seu preço diminuiu de R$89,90 para R$79,90.

O protetor solar Anthelios Dermo Pediatrics FPS 60 promove alta proteção UVA e UVB, é livre de perfume e de parabenos, e foi desenvolvido especialmente para a pele sensível de crianças a partir de seis meses. Ele também hidrata, suaviza e acalma a pele, deixando-a macia e suave ao toque. Além de ser resistente à água, areia e transpiração. Sua fórmula foi testada sob controle pediátrico e oftalmológico, garantindo segurança e qualidade.

E os benefícios não acabam por aí: comprando um protetor solar da linha Anthelios no site da La Roche-Posay, você ganha dois adesivos UV Patch. My UV Patch é um adesivo para a pele que mede e monitora a exposição aos raios ultravioletas, e tem como finalidade educar a população sobre a importância da proteção solar (teremos resenha dele em breve).

Preço sugerido: R$ 79,90
Disponível Online em: Americanas.Com (R$ 75,00!), Dafiti, Walmart.

ASICS: GEL-Nimbus 19

A ASICS acaba de lançar um de seus calçados mais icônicos e mais amados dos corredores, o GEL-Nimbus, que chega à sua 19ª edição com várias novidades.

Imagem: Divulgação

A principal delas é a tecnologia FlyteFoam, uma inovadora entressola, 55% mais leve que o EVA tradicional utilizado em outros calçados de corrida. O FlyteFoam é reforçado com fibras orgânicas com efeito memória, fazendo com que o material volte à sua forma original após a passada, resultando em uma maior durabilidade para o calçado, ideal para corredores de todas as distâncias. O ASICS GEL-Nimbus 19 conta com outras tecnologias exclusivas da marca, como a Fluidfit, presente no tecido do cabedal, com o “Tecido Stretch”, que oferece um calce mais personalizado e mais confortável.

Este cinza! <3

O GEL-Nimbus também tem como destaque o tradicional GEL, que minimiza o impacto durante a corrida e garante máximo amortecimento para maior conforto aos corredores. Outros destaques são o cabedal Fluidfit, que alivia os pontos de maior pressão nos pés e o Guidance Trusstic System, tecnologia que melhora o direcionamento da passada mantendo a estrutura da entressola.

Preço sugerido: R$ 799,90
Disponível Online em: Centauro feminino | masculino

Nike: NIKE LUNAREPIC FLYKNIT LOW 2

Imagem: Divulgação

Novidade para os #loucosportênis de corrida. O tênis da vez é o modelo LunarEpic Flyknit Low, que chega em sua segunda edição com um design atualizado para um ajuste firme.

Imagem: Divulgação

O modelo que é indicado para treinos e provas longas, de recuperação e progressão, traz, como principal atualização, a lingueta mais alta para melhor ajuste no pé e acolchoamento por toda a extensão do colarinho para mais conforto. A espuma Lunarlon oferece a dose perfeita de flexibilidade, para permitir que o tênis acompanhe o movimento dos pés durante as passadas.

 

Para o amortecimento, assim como nas versões anteriores, a Nike aposta na espuma Lunarlon, leve e macia que absorve o impacto nas laterais e permite uma transição suave do calcanhar até a ponta do pé. A sola externa conta com áreas cortadas a laser para melhor amortecimento e tração em diferentes superfícies.

O novo modelo já está disponível na maior loja da Nike, o nike.com, e em lojas selecionadas.

Preço sugerido: R$ 699,90
Disponível online em: Nike feminino | masculino

Authen

A Authen acabou de lançar a linha Signature, uma linha atemporal focada nas corredoras. Essa é a primeira coleção marca composta por quatro peças pretas, porém, nada básicas em tecnologia, e que por isso não podem faltar no guarda-roupa da corredora. São elas: top, bermuda, saia e legging. Todas com tecnologia de alta compressão para ajudar na performance da corrida e tecido com proteção solar UPF50+, que bloqueia em 96% os raios UVA e UVB. Além disso, a linha também é feita com costura lisa, para não causar atrito com a pele.

A tecnologia para os itens ‘Bottom’ (bermuda, saia e legging) fica por conta do Pressus Pro®, um tecido exclusivo que oferece compressão ao corpo.

Isso significa que durante a corrida, o tecido consegue aumentar o fluxo sanguíneo do corpo, esquentando-o mais rápido, e, consequentemente, entregando mais oxigênio para os músculos. O cós dessas peças é alto para melhorar a consciência da postura durante a corrida.

Os tops dessa marca são mara!

Já o Top Signature possui o sistema exclusivo Firmness Control®. Também construído com tecido compressão, esse sistema é capaz de reduzir a vibração muscular, economizando energia para a corrida, além de manter os seios no lugar. A modelagem “nadador” também ajuda na melhor sustentação, assim como o decote mais alto.

Disponível online em: Authen

ADIDAS: ULTRABOOST X

Novidade para nóizes, mulheres! A Adidas traz o UltraBOOST X, uma versão do icônico UltraBOOST.

Imagem: Divulgação

O UltraBOOST X foi desenhado para refletir a silhueta natural do pé feminino durante a corrida. O sistema ARAMIS, tecnologia que captura os movimentos permitindo uma análise detalhada do corpo, permitiu ao time de inovação da Adidas entender qual é o ponto exato em que as mulheres precisam de mais suporte e onde o pé precisa de espaço para a expansão natural durante a corrida.

Imagem: Divulgação

O arco dinâmico foi introduzido no médio-pé e se adapta ao formato dele a medida em que você corre. A construção de Primeknit envolve por baixo o arco para um suporte adicional, junto com uma parte mais aberta na região dos dedos aumentando a respirabilidade do tênis. Além disso, o contraforte do UltraBOOST X vem com um design mais estreito, que se adapta ao calcanhar feminino fornecendo suporte adicional enquanto permite um movimento livre e natural durante a corrida.

#desejodatemporada

A entressola 100% BOOST oferece o melhor retorno de energia, a sola Continental Rubber 4-way foi desenhada para o andar feminino e fornece uma boa tração para as corridas urbanas em qualquer condição.

Além do UltraBOOST X, a marca traz também uma gama de roupas de corrida, que inclui camisetas de Primeknit, shorts de duas camadas e leggings de corrida. A coleção foi desenhada para combinar com design do tênis, enquanto trabalha em harmonia com o corpo e o universo da corrida.

Preço sugerido: R$ 899,99
Disponível online em: Adidas

ADIDAS Originals + FARM

Estreando 2017 com mais uma parceria de sucesso, a dupla Adidas Originals + FARM apresenta novas estampas pra cabá com nosso coraçãozinho! 😍❤️

Imagem: Divulgação

A estampa Fugiprabali propõe uma viagem pela natureza rica e a moda alegre de Bali.

Imagem: Divulgação

Com um mix de cores marcantes e elementos como flores, frutas e aves, Fugiprabali é a atualização do mood tropical da FARM. É o resultado da combinação entre o estilo descontraído das brasileiras e os ares exóticos da Indonésia.

Imagem: Divulgação

Outra novidade é a estampa Florido, opção em Preto e Branco que traz desenhos de flores artesanais de renda de bilro.

Imagem: Divulgação

Imagem: Divulgação

Com preços que vão de R$ 99,99 a R$ 599,99, a coleção já está disponível nas lojas de ambas as marcas.

C&A

Se tem algo que adoreeei ver são as coleções de carnaval nas lojas de departamento. Agora tá fácil achar opções muito bacanas, divertidas AND baratas de roupas para pular o carnaval.
A C&A é um exemplo disso, com camisetas divertidas, com estampas que imitam gravatas e paletós, roupas de palhaço e de marinheiro e Wally, maiô de Mulher Maravilha e Mulher Gato, conjuntos de Homem Aranha, Super Homem, Capitão América e bodies de oncinha e caveirinha.

Algumas das diversas estampas de carnaval

Disponível online em: C&A

erica

36 anos, de São Paulo, gestora de moda. Filha de pai japonês e mãe nordestina (Pi), é paulistana de nascença, mas já morou em Manaus,...

>> Veja mais posts dessa autora

Você curte musculação ou treino funcional? A gente bem sabe que os dois esportes tem adeptos bastante apaixonados, então fomos bater um papo com o Guilherme Leme da Bio Ritmo sobre o assunto, para entender um pouco melhor sobre as modalidades.

ana

31 anos, do Grande ABC Paulista, diretora de arte. Quando criança nadou e jogou futebol, mas parou com tudo na adolescência. Só voltou a se...

>> Veja mais posts dessa autora

Quem acompanha o Acordei Disposta lá no Instagram tem me aguentado falar sobre o Whole 30, um “desafio” que resolvi fazer comigo mesmo [PAUSA 1] Estou fazendo o Whole 30 em conjunto com a Anni, cada um de jeito, mas na hora que bate uma vontade de comer algo diferente, a gente troca uns #mimimis [DESPAUSA]  para dar uma sacudida no meu metabolismo e ver se consigo sair desse platô do caramba onde não consigo perder os quilos extras nem a pau [PAUSA 2] Esqueçam o termo “estou gorda” para os quilos extras. No meu caso uma coisa não tem nada a ver com a outra, ok? É que estou no meu maior peso da vida (sem estar grávida) e isso está incomodando muito, coluna sofre, pé sofre, canela sofre…cada corpo, um corpo [DESPAUSA].

Eu sou totalmente avoada quando se fala de dieta, dieta da moda, mania nova das pessoas…eu nunca liguei pra isso. Quando povo corta glúten, lactose, blá blá blá…eu busco entender a parte nutricional da coisa. Tipo, muita gente tem intolerância a lactose, o glúten às vezes causa um processo inflamatório no organismos….e por aí vai. As dietas que fiz nunca foram extremistas. Aí você se pergunta: e por que você está fazendo o Whole 30? Conheci o whole 30 através da Bruna. Tentamos fazer o Whole 30 com a Bruna (eu, Anni, Carô e Eri) no ano passado, mas arregamos na primeira semana. Bruna fez bonitinho e perdeu 5 kg. Passou! Aí papo vai, papo vem, resolvi ficar sem beber por 1 mês até o carnaval, aí entrou o assunto do Whole 30 no meio e só sei que eu e Anni resolvemos começar essa bagaça.

Mas o que é esse tal Whole 30?

Ela foi desenvolvida por um casal (que já atuaram na área de nutrição esportiva, anatomia e fisioterapia) e é um programa alimentar que tem por objetivo reajustar o metabolismo e remodelar o relacionamento que as pessoas possuem com os alimentos.

Qual o objetivo do Whole 30?

O Whole 30 tem por objetivo a exclusão total de um grupo de alimentos, pois eles podem estar por trás de problemas como diminuição na energia, dores sem explicação, dificuldades para emagrecer (eu todinha, afe!) e insucesso no tratamento com remédios para problemas com infertilidade, problemas de pele, doenças digestivas e alergias periódicas (a Rafaaaaaa).

A proposta é ficar um mês sem alguns tipos de alimentos para que o corpo se recupere.

Quais são os alimentos proibidos no Whole 30? 

  • Nenhum produto industrializado (nada de sem glúten, sem lactose…nada que tenha que abrir o pacotinho)
  • Açúcar adicionado: xilitol, mel, xarope de ácer, néctar de agave, néctar de coco, stevia, splenda, etc…
  • Grãos: trigo, centeio, cevada, aveia, milho, arroz, painço, triguilho, sorgo, amaranto, trigo, sarraceno, grãos germinados, quinoa e outros grãos
  • Legumes: feijões, soja, ervilha, grão de bico, lentilhas, edamame, amendoins
  • Laticínios: nada que venha do leite da vaca, cabra e ovelha (queijo, kefir, iogurte, etc)
  • Vinagres: que possuam açúcar adicionado e vinagre de malte
  • Itens compostos por carrageina, glutamato monossódico e sulfitos (isso aqui gente, o ideial é excluir da vida!)
  • Sem dia do lixo
  • Álcool 
  • Cigarro

O que pode comer durante o Whole 30?

Foto “salada com bacon”, by Shutterstock

  • Proteínas: pode comer todas. Frutos do mar, carnes vermelhas, carnes brancas, ovos e carnes processadas (bacon, linguiça e frios artesanais – que não sejam industrializados).
  • Vegetais: abóbora, abobrinha, acelga, agrião, alcachofra (com moderação), alface, alho, alho poró, aspargos, batata doce, berinjela (com moderação), beterraba, brócolis, brócolis ninja, brotos (com moderação), cará, cebola, cenouras, cogumelos (com moderação), couve, couve de bruxelas, couve flor, erva doce, ervilha torta (com moderação), espinafre, inhame, mandioca, mandioquinha (com moderação), pepino, pimentão, quiabo (com moderação), rabanete (com moderação), repolho, rúcula, salsão ou aipo (com moderação), tomate, vagem (com moderação).
  • Frutas: abacaxi (com moderação), ameixa, amora, banana (com moderação), cereja, damasco, grapefruit, figo (com moderação), framboesa, frutas exóticas (com moderação), kiwi, laranja (com moderação), limão (com moderação), maçã (com moderação), mamão (com moderação), manga (com moderação), melão, melancia (com moderação), mirtilo, morango, nectarina (com moderação), pêssego (com moderação), pera (com moderação), romã (com moderação), tangerina (com moderação), uva (com moderação), limitar frutas secas.
  • Gorduras: 
    • para cozinhar: azeite de oliva extra virgem, ghee (manteiga de garrafa), gordura animal, manteira clarificada, óleo de oco
    • para consumo: abacate, avelãs, azeitonas, castanha de caju, coco, leite de coco, macadâmia, óleo de coco
    • ocasionalmente: amêndoas, castanha do pará, pecãs, pistache
    • limitar: gergelim, linhaça, nozes, pinholes, sementes de abóbora, sementes de girassol

Comentários:

  • A dieta fala mais sobre a mudança da composição corporal do que em peso propriamente dito. Eles falam para não se pesar o tempo todo, pesar no início e no fim do programa. Eu estou tirando uma foto minha a cada semana para fazer a comparação e tenho corrido da balança.
  • Os alimentos permitidos não devem ser consumidos de forma livre. A ideia é comer lentamente até estar saciado e voltar a comer quando sentir fome novamente. Identificar se é fome ou vontade de comer. Na hora de montar o prato, coloque 2 porções de proteína onde cada bife seja do tamanho da palma da sua mão. Complete o prato com os demais alimentos.
  • Eu reduzi o carboidrato também, como apenas em uma refeição uma porção pequena. Dou preferência ao inhame ou o cará porque adoro.
  • Linguiças são permitidas, porém a maioria das linguiças industrializadas possuem sulfito (e sulfato), então cuidado! Eu cortei da minha lista de produtos permitidos.
  • A Anni deu a dica que no Pinterest tem uma ideias de pratos para o Whole 30. Vão lá conferir porque tem uns pratos de comer com os olhos.

Estou fazendo a dieta há 2 semanas e consigo notar muita diferença na região da barriga. O “toicinho” que tenho abaixo do meu bumbum, ainda não sumiu 🙁

Eu não sinto dor de cabeça, dor de barriga, indisposição, nada. Estou super bem, diria que até mais disposta. Não tenho faltado treino e a dieta não baixou meu rendimento.

A parte mais difícil pra mim no começo foi ficar sem a pipoca, pois eu tinha o hábito de comer pipoca (e muita) quando estava com vontade de mastigar. Agora se me bate uma vontade de mastigar, eu como alguns pedacinhos de coco e já paro. Como meu paladar é salgado, não sinto falta de doce e consigo não exagerar no coco.

Duas semanas depois de iniciar, estou decidida a continuar com alguns hábitos para manter o shape. Ou vai desgringolar tudo :p

Se vocês tiverem alguma dúvida adicional sobre o Whole 30 ou quiserem deixar alguma dica nos comentários, vou amar!

Fonte: Café com Manteiga e Mundo Boa Forma

juliana

35 anos, Paulistana de coração há 14 anos. Analista Financeiro, mãe de 2 lindezas. Já treinou Vôlei, Tae Kwon Do, tentou natação, judô, tem a...

>> Veja mais posts dessa autora

O vídeo de hoje tem a coletiva de imprensa que rolou no CT do São Paulo sobre a Tricolor Run. Espero que gostem 🙂

 

juliana

35 anos, Paulistana de coração há 14 anos. Analista Financeiro, mãe de 2 lindezas. Já treinou Vôlei, Tae Kwon Do, tentou natação, judô, tem a...

>> Veja mais posts dessa autora

E depois dos chinelos slides, lá vamos nós para mais um post de moda polêmica! A-DO-RO
Antes de prosseguir, uma foto da minha adolescência que foi resgatada dos arquivos só para mostrar o item “fashion” que estou falando.

Remember the Magic! Essa sou eu na Disney em 1997 (só usei pochete nessa viagem). Agora faça as contas. hahahahhaha

Com a chegada de fevereiro e do carnavalaloooow, já temos blocos de rua! – um item das #modasretrô que já mostrava as caras por aí finalmente apareceu de vez: a pochete. E quando digo “apareceu de vez”, me refiro para nós, moças trabalhadoras, pois há tempos que a danada tem desfilado nas semanas de moda daqui e da gringa.

Da mesma forma que os chinelos slides, meu nariz torceu feeeeio ao ver as imagens que começaram a circular pelo meu feed (DAFUQ, pochete?). Mas a bichinha foi tão repaginada, atualizada e melhorada, que preciso confessar simpatia (ok, amôzinho) por alguns exemplares. E sabe por quê?
Hoje, encontramos modelos que vão muito além daquele trambolho horroroso que o tiozão adora. E (pasmem!) podem até dar um charminho no seu #lookdodia.

Vai dizer que você não usaria nenhum desses modelos!

Convenhamos que a pochete ganha pela praticidade e segurança na hora de dar aquela saidinha rápida, e é muito melhor usá-las em viagens, shows, baladas, festivais e festas populares (como o carnaval) do que a bolsa tradicional.

Onde encontrar?

No Brasil ainda é um pouco difícil encontrar modelos que fogem do brega (#prontofalei), do esportivo ou lúdico. Confesso que penei um pouco pra achar, viu? Alôôô, fica a dica para as marcas brasileiras! Por isso fiz um mix de casual + lúdico + esportivo do que achei sucesso nas minhas andanças pela internet. Bora ver?

1. Egrey
2. POCH (FARM Rio)
3. Agora que sou rica
4. NikeLab
5. Osklen
6. FARM Rio
7. Melissa
8. Acorda

9. Dai Bags
10. Dai Bags
11. Dai Bags
12. Sarah Chofakian
13. FARM Rio
14. POCH – pochetes muito lindinhas e perfeitas para o carnaval. Não coloquei o preço dela, mas você pode pedir por inbox na página da marca no Facebook. 😉
15. Davó

E aí, vai aderir?

erica

36 anos, de São Paulo, gestora de moda. Filha de pai japonês e mãe nordestina (Pi), é paulistana de nascença, mas já morou em Manaus,...

>> Veja mais posts dessa autora

A Eri e a Ju resolveram experimentar alguns lanches e eu fiquei só atrás da câmera, sem ganhar nada! Mentira, elas até que me deram uma coisinha ou outra. ;p

Dá uma olhada nos lanches que elas experimentaram:

Smoothie, cookies, drágeas, barrinha de cereal, cocada e snack de farelo de aveia e chia

Você já comeu algum desses produtos? Gostou? Tem indicação de outros? Conta tudo, queremos saber!

ana

31 anos, do Grande ABC Paulista, diretora de arte. Quando criança nadou e jogou futebol, mas parou com tudo na adolescência. Só voltou a se...

>> Veja mais posts dessa autora