Quem aqui só começou a prestar atenção no tênis quando o Guga começou a fazer sucesso nos anos 90? o/

Confesso que até o Manézinho aparecer na mídia, nunca tinha nem parado para entender um jogo de tênis. Não que eu tenha virado fã do esporte, mas só aí prestei um pouco mais de atenção. Anos depois, quando comecei a namorar o noivo, aprendi a gostar mais do esporte (que ele já jogou por alguns anos e adora) e acompanhar algumas coisas. Até fui assistir jogos do Thomaz Bellucci e do Rafael Nadal no Brasil Open em 2013 e foi aí que passei a gostar mais do esporte. Sempre achei que fosse meio chato assistir aos jogos, mas tá longe disso. Fiquei umas 5h sentada assistindo a vários jogos e não fiquei cansada em momento algum. 😀

Nas Olimpíadas Rio 2016 provavelmente teremos a participação de várias estrelas do esporte, como Roger Federer, Novak Djokovic, Rafael Nadal, Serena Williams e Ana Ivanovic. Uma festa para quem gosta do esporte e tem vontade de assistir jogos dos atletas mais famosos.

Regras

Nas Olimpíadas, a quadra é de grama. As provas são divididas em Feminino (simples e duplas), Masculino (simples e duplas) e Misto (apenas duplas).

As regras são bem simples:

  • O jogador que inicia o jogo é decidido com uma moeda que é jogada ao alto. Quem ganha escolhe se quer começar sacando ou não e o perdedor escolhe o lado da quadra. O ganhador também pode escolher o lado da quadra, aí a escolha do saque fica a cargo do perdedor;
  • O primeiro saque é feito a partir do lado direito da quadra. A cada ponto o lado do saque é alternado. A bola deve quicar o lado oposto, na quadra do adversário;
  • Cada jogador pode realizar dois saques a cada ponto conquistado;
  • Quando o jogador não consegue fazer a bolo quicar na quadra do adversário nos dois saques, o ponto vai automaticamente para o adversário;
  • O sistema de pontuação é bem fácil de entender:
    • O primeiro ponto é chamado de 15;
    • O segundo ponto é chamado de 30;
    • O terceiro ponto é chamado de 40;
  • No quarto ponto, o tenista fecha o game. Caso o jogo esteja empatado 40-40, um dos jogadores tem que ganhar mais um ponto para ter a “vantagem” e fechar o game;
  • Para ganhar um set, o atleta precisa garantir seis games, tendo vantagem de dois em cima do adversário;
  • Quando um set acaba empatado (6 games a 6), disputa-se o tie-break;
  • No tie-break vence quem atingir sete pontos primeiro, tendo vantagem de 2 pontos;
  • Cada jogo tem três sets. Quem somar o maior número de sets, ganha;
  • Apenas na final Masculina Simples são feitos cinco sets;
  • No último set de cada jogo não é permitida a realização de tie-break. Nesse set a disputa acontece até que um dos competidores abra uma vantagem de 2 games em cima do oponente;
  • Nos jogos de duplas mistas, quando há empate de 1 set a 1 set, chama-se o terceiro set de match tie-break. A dupla que fizer 10 pontos primeiros, com mínimo de 2 pontos de diferença do adversário, ganha o jogo.

O Brasil e o Tênis nas Olimpíadas Rio 2016

Por sermos o país-sede, temos garantidas duas vagas (uma no Feminino e outra no Masculino). No dia 6 de junho há a possibilidade de obtermos mais vagas, através do ranking mundial. O limite é de quatro atletas por país, em cada chave.

tenistas-brasileiros-rio-2016

Thomaz Bellucci, Teliana Pereira, Marcelo Melo e Bruno Soares.

Na categoria Simples, Thomaz Bellucci e  Teliana Pereira são os nomes mais cotados para representar o país. Já os duplistas Marcelo Melo e Bruno Soares são os atletas que provavelmente representarão o Brasil na categoria de duplas.

Você sabia?

– Desde 1896 o tênis é um esporte olímpico;
– Em 1900 as mulheres passaram a competir no tênis olímpico;
– Apenas Venus e Serena Williams tem quatro medalhas Olímpicas no esporte (todas de ouro, tá?);
– Diz-se que um jogador está em “love” quando ele não tem ponto no game ou não conseguiu ganhar nenhum game no set. A expressão veio da palavra “l’oeuf”, do francês, que quer dizer ovo e, por isso, lembra um zero;
– O jogo mais longo da história levou 3 dias para ser concluído.