No início do mês, recebi em casa oito caixas de cookies da Leben Glúten Free.
Como sou intolerante ao glúten diagnosticada, fui a “premiada” para experimentar e resenhar aqui no blog.

leben-gluten-free-acordei-disposta

Nós, que sofremos com alguma alergia alimentar, sabemos o quão difícil e duro é cortar algum alimento pra sempre da dieta. E das poucas opções que existem, ou são muito calóricas e cheios de porcarias ou não são agradáveis na textura e paladar. É fato que muitas pessoas (celíacas ou não) reclamam da modinha dos produtos glúten free. Eu vejo algo positivo aí, talvez isso colaborou para que hoje tenhamos um leque maior de produtos a escolher. Além disso, esse boom que temos visto por aí sobre consciência alimentar, tem feito as empresas se empenhado mais para oferecer algo que seja de qualidade, mais saudável e saboroso.
A gente sempre defendeu a comida de verdade (essa não tem erro!), mas vivemos em tempos que, a não ser que vivamos na fazenda ou meio do mato, a correria do dia a dia, falta de tempo ou algum imprevisto, nos faz lançar mão de um plano B e partir para a praticidade.

Minha Opinião sobre os cookies

acorde-disposta-lene-gluten-free

Embalagens muito bonitas, claras e informativas. Mas e o rótulo?

A embalagem dos biscoitos são bonitas, bem feitas e chamam atenção pela lista de ingredientes na parte dianteira. Mas, como de costume, já caí de olho nos rótulos. hahaha

Os produtos em sua maioria são feitos com farinha de castanha de caju (ou farinha de arroz) e adoçados com açúcar demerara. Gostei bastante de ter como base de todos os biscoitos, farinha de uma oleaginosa, fonte de gordura boa. A de arroz é interessante, mas além de branca, é menos nutritiva. O cookie de amendoim é o que ganha na lista de ingredientes, por conter somente amendoim, açúcar demerara, ovos e fermento químico. Outro fator que me chamou atenção foi a data de validade de 10 meses. Eu torço o nariz com datas de validade muito longas (acima de 1 ano) e para um produto industrializado, achei excelente.

E o gosto?

Bom…gosto é algo muito pessoal e por isso usei meu marido de cobaia (na verdade ele já foi cobaia sem saber, pois comeu a maioria antes de mim kkkkk).

O meu preferido da vida foi o de amendoim (sério, bateu uma tristeeeeeeza quando acabou!). E sim, fiz uma peripécia e cheguei a esfarelar o cookie na banana amarrasa. Ficou mara!
Outro que adorei foi o de castanha de caju com limão siciliano. O gosto do limão é bem marcante e adoçado no ponto certo – rolou um fight com o marido que comeu esse numa tacada. 🙁 hahahahaha
A versão kids tem gosto de baunilha e é muito saboroso. Os cookies são moldados com formato de bichinhos.

Não vou descrever todos os cookies pra não ficar extenso demais (são oito). Mas ainda tem os sabores: baunilha com chocolate (com café preto fica perfeito), café (descafeinado), coco, banana passa e cranberries. Na verdade, nem eu e nem o marido gostamos do cookie de cranberries.

Vale a pena?

Com certeza! Para ser sincera, de todos os biscoitos sem glúten que já experimentei, os da Leben Glúten-Free ganham em disparada no quesito sabor, textura, crocância e principalmente ingredientes utilizados. Não estou elogiando porque ganhei da marca, mas porque realmente provei um produto gostoso e que posso consumir com segurança.

acordeidisposta-review-leben-gluten-free

As oito embalagens. Abaixo: ingredientes do cookie de amendoim e data de validade (10 meses).

Quem está em um processo de emagrecimento, precisa se segurar um pouco nas porções por causa da quantidade de carboidratos – entre 15,7g e 18,4g na porção de 30g (3 unidades). Eu estou e mesmo assim, achei uma boa opção de pré-treino e uma mão na roda pra comer na rua (coloquei num potinho e fui consumindo aos pouquinhos, durou um bom tempo). Já meu marido detonou uma caixinha em dois tempos. hahahhahahahahha

Você pode encontrar os cookies da Leben Glúten Free em empórios de produtos naturais (preço de R$ 12 aproximadamente). Para mais informações sobre pontos de venda na sua cidade, visite o site oficial.