Quando tinha uns 7 anos minha mãe me inscreveu na natação em uma escola pública perto de casa. Eu AMAVA. Toda segunda, quarta e sexta ia correndo pra casa, almoçava e zarpava pra escolinha. Como era escola pública, a piscina era a céu aberto e sem aquecimento, mas nem assim eu deixava de ir no inverno. Ia batendo os dentes, mas ia. Depois saí de lá e fui para uma academia, com a água quentinha e tinha aula de noite enquanto minha irmã fazia musculação. Cheguei a participar de competição na cidade, mas não tive nenhuma colocação muito boa. Foram uns 5 anos de natação, só parei quando tinha uns 12 anos, por total saco cheio meu. Chegou a adolescência e fiquei naquelas de “Aaaaiii, coisa chata. Não gosto mais”. Idiota, devia ter continuado porque me fazia bem demais.

Enfim, contei a histórinha pra justificar porque gosto tanto de assistir competições de natação. Ainda é um esporte que adoro, apesar de não lembrar direito como faz para nadar bonitinho como quando eu era criança. No máximo sei nado de costas, que sempre foi meu favorito.

Regras

Começando pelo básico: é obrigatório o uso de touca, óculos e roupas de natação para o atleta participar de qualquer prova. :p

O tamanho da piscina olímpica é padrão: 50m de comprimento por 25 metros de largura (dividida em 8 raias com 2,5m de largura cada – as “raias” que sobram nos cantos das piscinas não são utilizadas). Nas paredes da piscina há sensores para cronometrar com precisão, em até centésimos de segundo, o tempo dos atletas.

A largada de praticamente todas as provas (menos do nado costas) é feita com os atletas fora da piscina, podendo mergulhar ao ouvir o tiro de largada. Quando um atleta mergulha antes do tiro, ele “queima” a largada e é desclassificado.

Em todas os estilos de natação a disputada é individual, mas também há competições de revezamento (feita por equipes com 4 atletas). Além disso, na categoria medley (onde o atleta nada quatro estilos em uma única prova) também é disputada individualmente ou em equipes. As quatro modalidade de natação disputadas nas Olimpíadas são:

  • Livre: nele o atleta decide qual estilo quer usar durante a prova. A maioria escolhe o crawl, por ser considerado o estilo mais rápido;
  • Costas: o nome já diz tudo, é quando o atleta nada de costas, se orientando pelas bandeirolas penduradas nas bordas da piscina ou pelo número de braçadas;
  • Peito: é aquele tipo de nado em que a gente acha que os atletas parecem uma rã, sabe? Heheh. Sem brincadeira, é assim que explicam o nado mesmo. Também é considerado o modo mais lento de nadar;
  • Borboleta: o atleta gira os braços simultaneamente e empurra o corpo para cima e para baixo. Acho esse o modo mais bonito na natação.

O Brasil e a natação nas OLIMPÍADAS RIO 2016

Para quem, como eu, cresceu nos anos 90 os principais nomes da natação brasileira continuam sendo Gustavo Borges e Xuxa, né? Pois é, tá na hora da gente se atualizar porque tem MUITA gente boa por aí.

Começamos com o nosso recordista mundial nos 50m, Cesar Cielo. Ele ainda não se classificou para as Olimpíadas, mas continua tentando uma vaga. A próxima prova classificatória para ele será na quarta-feira agora, dia 20/04.

Manuella Lyrio, Jessica Cavalheiro, Joanna Maranhao, Larissa Oliveira. Jogos Pan-americanos, Natacao no Aquatics Centre. 16 de julho de 2015, Toronto, Canada. Foto: Satiro Sodre/SSPress

O time ganhadora da medalha de prata no Revezamento 4×200 livre feminino, nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015: Manuella Lyrio, Jessica Cavalheiro, Joanna Maranhao, Larissa Oliveira. Foto: Satiro Sodre/SSPress

O time ganhador da medalha de prata no revezamento 4×200 livre feminino, nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015: Joanna Maranhão, Manuella Lyrio, Jessica Cavalheiro, e Larissa Oliveira. Foto: Satiro Sodre/SSPress

Mas vamos falar dos já classificados:

  • Nos 50m livre: Bruno Fratus, Ítalo Duate, Etiene Medeiros e Graciele Herrmann.
  • Nos 100m livre: Etiene Medeiros, Matheus Santana e Nicolas Nilo Oliveira
  • Nos 200m livre: João de Lucca, Nicolas Nilo Oliveira e Manuella Lyrio
  • Nos 400m livre: Luiz Altamir Melo
  • Nos 200m medley: Henrique Rodrigues, Thiago Pereira e Joanna Maranhão
  • Nos 400m medley: Brandonn Almeida e Joanna Maranhão
  • Nos 100m peito: Felipe França e João Gomes Junior
  • Nos 200m peito: Thiago Simon
  • Nos 100m costas: Guilherme Guido
  • Nos 200m costas: Leonardo de Deus
  • Nos 100m borboleta: Henrique Martins e Marcos Macedo
  • Nos 200m borboleta: Leonardo de Deus

 

Você Sabia?

– Nas primeiras edições dos Jogos Olímpicos os atletas nadavam em rios e lagos.

– A natação estreou como esporte olímpico nos jogos de 1908, mas apenas em 1912 as mulheres competiram no esporte.

– Em 2000, em Sidney, um atleta que tinha aprendido a nadar há apenas 6 meses disputou uma prova. O corajoso foi Eric Moussambani, dGuiné Equatorial.

– O atleta com mais medalhas na natação e em todos os outros esportes na história dos Jogos Olímpicos é o americano Michael Phelps, com 22 medalhas (18 delas de ouro, tá?).

– Aquela história de que os atletas depilam todo o corpo para diminuir o atrito com a água é real, viu? A grande maioria deles também fica os primeiros 50m na piscina sem respirar nenhuma vez, para melhorar o tempo.