Há algum tempo tenho ouvido muito falar sobre o matchá, mas como não curto o gosto do chá verde nunca fui atrás para descobrir direito o que é, achando que não curtiria ele também. Até que ganhei alguns envelopes de matchá lá na Natural Tech 2016 e resolvi experimentar. Resultado: viciei! Tenho levado uma garrafa dele todo dia para a academia e estou adorando, então fui pesquisar um pouco para entender mais e poder contar para vocês tudo sobre o matchá. 😉

O que é o matchá

Foto: Matchá na xícara, por Shutterstock.

Foto: Matchá na xícara, por Shutterstock.

Matchá é um tipo de chá verde em pó, extraído de forma artesanal da planta Camellia sinensis (a mesma que dá origem ao chá branco, o preto e o verde tradicional). Em seu preparo é com as folhas mais novas e tenras, originadas de plantações protegidas do sol. Depois de colhidas, as folhas passam por um moinho de pedra para serem trituradas lentamente, até virarem pó.
Ele é considerado um chá mais poderoso que o chá verde tradicional porque seu teor de catequinas, uma substância antioxidante, é até 137 vezes maior do que no chá verde tradicional.
Seu sabor é mais suave do que o do chá verde tradicional, provavelmente por isso tenha me agradado mais do que o que eu já conhecia.

Benefícios do matchá

Imagem: Borboletasnacarteira.com.br

Imagem: Borboletasnacarteira.com.br

  • Tem ação anti-inflamatória;
  • Por causa da alta concentração de catequinas, ajuda a combater radicais livres;
  • Ajuda na diminuição dos níveis de colesterol no sangue;
  • Tem propriedades que ajudam a eliminar as toxinas do organismo;
  • Ajuda na recuperação muscular;
  • Tem flavonóides e cafeína e, por isso, acelera o metabolismo (ajuda a emagrecer).

O matchá ganhou fama ao ser taxado como o novo “chá emagrecedor”, mas é aquela coisa: chá nenhum emagrece sozinho, sem uma alimentação balanceada e exercícios não rola emagrecer. Ele ajuda, já que acelera o metabolismo, mas sozinho não traz nenhuma mudança.

Contraindicações

Como ele tem cafeína, não é indicado para pessoas sensíveis a esta substância, já que pode prejudicar o sono. Grávidas e lactantes também não podem tomar, já que a cafeína pode prejudicar o bebê.

Como consumir o matchá

Foto: Sorvete de matchá, por Shutterstock.

Foto: Sorvete de matchá, por Shutterstock.

Como ele é um pó, além de ser diluído na água, pode ser adicionado em sucos, vitaminas, bolos, pães, sorvetes e tudo mais que a sua imaginação permitir.

Opções de matchá no mercado

Tem várias opções do produto, puro ou misturado com outros sabores. Como eu não gosto nada do gosto do chá verde puro, costumo consumir o com outros sabores misturados e gosto bastante. Estou comprando os meus na Natue, mas acredito que tenha em qualquer loja de produtos naturais.