Retomando a ideia de fazer posts sobre os “temperos naturais que a Ju usa e ama” (o primeiro foi sobre Açafrão da Terra) hoje eu vou falar sobre os benefícios do orégano. Mas por que orégano? Porque eu fiquei encantada quando descobri os benefícios dessa planta ao assistir a uma reportagem do Globo Repórter 😀

Em tempo: nunca gostei de orégano, pizza com orégano então…afe! Mas o encantamento com os benefícios foi tanto que eu estou consumindo com frequência. Chega de lero-lero e vamos aos principais benefícios:

  • É um poderoso aliado como o envelhecimento – por ser rico em flavonóides antioxidantes fenólicos estes compostos atuam na proteção contra os radicais livres. Segundo uma pesquisa realizada pela Unicamp, ele possui 200 compostos antioxidantes.
  • Possui ações antibacterianas – os compostos orgânicos timol e carvacrol estão presentes no orégano e eles são responsáveis por defender o organismo contra uma vasta gama de bactérias que pode afetar a pele, o intestino e outras partes do corpo. Por ser um agente estimulante, ele pode aumentar a produção de células brancas do sangue e acelerar o metabolismo, fazendo com que a doença seja ainda mais rápido. Vocês sabia que devido a essa função ele é um ótimo aliado no tratamento da candidíase?
  • Ajuda a desintoxicar o corpo – por ser fonte de diversos tipos de nutrientes, incluindo manganês, cálcio, ferro e vitamina K, ele ajuda no processo de eliminação das toxinas do corpo.
acordei-disposta-store-adesivos

Meu potinho lindo de orégano devidamente identificado com os adesivos que imitam quadro negro e estão a venda na Acordei Disposta Store 😀

Como incluir o orégano na alimentação?

Estudos comprovam que a melhor forma de consumir o orégano é na forma mais natural possível. Ou seja, ao invés de inserir o orégano no início do processo de cocção, devemos inclui-lo quando o alimento já estiver pronto. Desta forma não há a perda natural de alguns dos compostos mencionados que são importantes para a saúde.

Já é possível encontrar no mercado o orégano em cápsulas para consumo. Eu amo uma cápsula, gente, afe! Mas consumir um produto na sua forma mais natural possível é sempre melhor para o bolso, hahahaha.  Então abri mão da cápsula, deixei meu “nariz torcido” para o orégano de lado e optei por consumir a folha mesmo. Compro em loja de produtos naturais porque sai mais barato do que os pacotinhos vendidos nos supermercados.

Vocês já conheciam os benefícios do orégano? Já incluíram na alimentação de vocês? Conta aí pra nozes 😉