Pessoalmente, não posso reclamar do ano de 2016 (fizemos uma pequena retrospectiva do nosso ano nesse vídeo aqui), mas estou muito animada para 2017. Quero colocar em prática tudo aquilo que não consegui fazer em 2016 (quem nunca?) e acho que muita gente está começando o ano que essa vontade.

A minha vontade era de fazer um post lindo com toda a vibe motivacional que esse primeiro dia útil do ano merece, mas eu não consigo porque minha cabeça está fervilhado por conta da Rafaela. Minha filha passou os últimos dias se coçando de forma tão intensa que eu não suporto mais (imaginem ela!). Essa noite foi tão gota d’água que meu marido me tirou do nosso quarto porque eu estava chorando de tanto que a Rafaela se coçava e simplesmente não parava (todas as ações que eu poderia tomar para aliviar isso foram feitas: médico, remédios, hidratantes, alimentação, banhos, comidas…). Masssss, isso foi só um pequeno desabafo porque me recuso a começar ao ano lamentando por qualquer coisa. O fato é que, comecei o ano muito disposta a melhorar isso. Quarta-feira vamos na nossa amiga que é psicóloga infantil para ver se conseguimos alguma ajuda nessa linha (já que ansiedade também piora os quadros de dermatite) e vamos buscar tudo o que for possível para amenizar esse desconforto dela, pois eu diria que ela está na pior crise que já teve.

Mas voltando ao foco do post… estou com todos os meus desejos para 2017 anotados. Alguns são metas para longo prazo, outros para curto prazo, outros de manutenção, mas o mais importante é definir como irei realizá-los, quais são as prioridades (já que, infelizmente não consigo fazer tudo ao mesmo tempo e agora) e que não quero deixar nenhum deles para 2018 😉

A imagem que a Eri postou hoje resume bem o nosso espírito para 2017!

E vocês já traçaram as metas? Já definiram como irão realiza-las? Conta aí pra gente nos comentários, vamos adorar saber um pouco mais sobre as metas de vocês.