No mês passado gravei um vídeo sobre minha volta às atividades físicas após um tempo sedentária. Nesse vídeo contei o porquê, nesse primeiro momento, escolhi fazer somente musculação.
Depois de um comentário deixado lá no Youtube e perguntas de pessoas mais próximas, supus que seria legal explicar como fazer musculação em academias diferentes. Algo possível graças ao Gympass. \o/

Antes de continuar, quero salientar que esse é o método que funcionou para mim. São dicas bem simples que pode te ajudar também. Acredito ser positivo compartilhar algo que deu certo pra mim. 🙂

Dito isso, vamos aos conselhos?

Tenha uma “academia base”

É fato que musculação não é a atividade preferida de muitas pessoas, aliás, o que vejo de gente (meu eu antigo grita “presente”) correndo do treino de força….não cabe nos dedos.
Por isso sempre digo que é imprescindível AMAR a academia que vai fazer musculação. É lá que acontecerão os famosos momentos de quase-morte & felicidade pós-treino ao mesmo tempo. hahahahhahahaha

Pegue a listinha de academias próximas a você e teste o máximo que puder. Veja os aparelhos, converse com os professores (nem que seja a única vez na vida que fará isso), cheque as dependências, bote reparo no banheiro (pra mim é um dos itens mais importantes rs) e leia os reviews da academia na página do Gympass. Escolha aquela que te deixou mais à vontade, que preencheu mais as suas necessidades, que você sentiu uma “química especial”.
Se você é novato (o) nesse universo fitness, é importante ter uma academia base no momento inicial.  Pelo menos até você se familiarizar com o ritmo de uma academia.

Não tenho personal trainer, qual treino fazer?

Muita gente não contrata de cara um personal trainer ou possui treinador de alguma assessoria de corrida, que possa montar uma ficha de musculação. Eu mesma não tenho alguém que monte um treino para mim! Resolvi esse pequeno problema pedindo para um professor da academia-base montar um treino de acordo com meu objetivo (hipertrofia).
Contei à ele que sou aluna Gympass e que talvez precisasse treinar em outra academia. Ele montou minha ficha e me deu uma orientação que acho importante citar aqui: aprender executar o treino antes de ir fazer musculação em qualquer outra academia. Não que na outra academia o professor não vá lhe ensinar (deve!), mas vai que…entende? É importante aprender, pelo menos até você ter autonomia nos exercícios. Mas caso você queira treinar e ainda não está familiarizada (o) com os aparelhos e/ou execução dos exercícios, não tenha vergonha de perguntar, ok? E não vá fazer o que vier à cabeça. Para alcançar o resultado desejado, é importante seguir a série montada pelo professor com afinco e até a data estipulada por ele. Por isso a importância de ter uma fichinha fixa.

Para ter sempre o acesso à minha ficha, tenho foto dela no meu celular. Com a ficha em mãos posso cumprir meu treino onde estiver, sem desculpa de furar por não estar próxima de uma academia (são mais de 17.400 no Gympass!). 😉

Como funciona o sistema com Gympass? É só chegar-chegando na academia?

Basicamente isso. hahahaha
Eu abro o aplicativo do Gympass onde estiver, vejo qual academia mais próxima, chego na recepção e realizo o check-in. Ele normalmente aparece automaticamente no sistema da academia.
Se é a primeira vez que vou àquela academia, me apresento na recepção e faço o check-in ou apresento o token diário. A Ju explicou direitinho o processo neste post.

 

E aí, se interessou? Qualquer dúvida é só deixar nos comentários que eu respondo.
Você pode conhecer os planos Gympass, que vão de R$ 99,90 a R$ 349,90 por mês!