Sendo bem sincera com vocês, não lembro de ter assistido mais do que 2 vezes competições de Luta Estilo Livre. Então eu vou, junto com vocês, aprender um pouco mais sobre essa modalidade. E antes de contar mais sobre ela gostaria de ressaltar que: Luta Estilo Livre e Luta Greco-Romana são coisas distintas 😉

A Luta Estilo Livre nasceu no Reino Unido, tornou-se popular em festivais do séculos XIX e imigrantes irlandeses a levaram para os Estados Unidos. É uma das modalidades mais antigas dos Jogos Olímpicos, ela estrou em 1904, em Saint Louis e só contou com a participação de atletas norte-americanos.

As mulheres estrearam nos Jogos apenas em Atenas 2004, e a ucraniana Irini Merleni foi a 1ª campeã feminina no esporte.

A Luta Estilo Livre é um embate de força e estratégia, vence o lutador que mantiver o adversário com as costas presas ao tatame ou tiver o maior número de pontos por movimentos técnicos no fim da luta.

Regras

  • As lutas são disputadas em 2 períodos de 3 minutos cada, com um intervalo de 30 segundos;
  • Pontuação:
    • Os pontos variam (1, 2 ou 4) e são concedidos para movimentos específicos, como o takedown, em que o lutador força o adversário para o chão em uma posição ereta
    • Uma vitória por “toque” (ou “encostamento”) se dá quando ambos os ombros do adversário são forçados para o tatame
    • Uma vitória por “superioridade técnica” acontece quando um lutador conquista uma vantagem de dez pontos à frente do adversário
    • Caso nada disso aconteça, vence quem somar mais pontos durante o embate
  • Os competidores usam apenas uma malha em peça única (vermelha ou azul) e botas de luta. Protetores de ouvido são permitidos para evitar as famosas “orelhas de couve-flor;
  • Os lutadores podem usar qualquer parte do corpo para realizar os golpes e derrubar os adversários;
  • Não é permitido: cotoveladas, golpes com joelho, estrangulamento, dedo no olho e puxão de cabelo;
  • A ação acontece na área circular azul escura do tatame. Se os atletas estiverem no círculo laranja, chamado de área de passividade, o árbitro interromperá a luta, reiniciando o combate no centro do tatame. A área azul fora desse círculo é considerada fora dos limites.
  • Juiz marca as pontuações;
  • O chefe de tatame supervisiona o árbitro e o juiz e declara a superioridade técnica, se houver;
  • Três oficiais avaliam as decisões do árbitro em caso de desafio – quando os treinadores contestam sua marcação;
  • Árbitro controla o embate;

O BRASIL E LUTA ESTILO LIVRE NAS OLIMPÍADAS RIO 2016

gilda_oliveira_um

Gilda Oliveira, representará o Brasil na categoria 69 Kg

 

Teremos 4 mulheres (UAU!!!) representando o Brasil na Luta Estilo Livre: Joice Silva, Laís Nunes, Gilda Oliveira e Aline Silva. Essa é a maior equipe que o Brasil já teve na categoria de Luta Estilo Livre.

Você Sabia?

– Nos Jogos da Antiguidade, a luta era a última parte do pentatlo, disputada logo após as provas de arremesso de disco, lançamento de dardo, salto à distância e corrida

– Apenas 2 cores podem ser utilizadas para identificar os lutadores no embate: azul e vermelho

– O filósofo Platão prativaca a Luta Estilo Livre durante sua juventude

juliana

Quase 38, Paulistana de coração há 16 anos. Cuidadora das finanças alheias, mãe de 2 lindezas. Já treinou Vôlei, Tae Kwon Do, tentou natação, judô,...

>> Veja mais posts dessa autora

Março teve tanto lançamento legal que tivemos que separar em dois posts para mostrar tudo. Não viu o primeiro post? Vai lá! 😉

Mizuno: coleção de calçados para pisada pronada

A Mizuno acabou de lançar três modelos especiais para os corredores com pisada pronada. É sempre bom ter mais opções, né? Não é sempre que tem lançamento para os pronadores.

Wave Paradox 2

mizuno-wave-paradox-2

Promete leveza e segurança, dando mais estabilidade e conforto a cada passada. Tem as tecnologias U4ic, Smoorth ride e Dynamotion Fit, que combinadas fazem com que a entressola seja mais leve e o cabedal se adapte melhor aos movimentos do pé. Tem drop de 13.4mm e pesa 320g (no tamanho 41).

Wave Prime 12

Mizuno-Prime-12

O modelo é queridinho dos pronadores e chega à sua 12ª versão com entressola 30% mais leve e nova combinação de amortecimento e conforto.Tem sistema Dynamotion Fit, que dá mais equilíbrio durante as passadas. Pesa 315 gramas (no tamanho 41).

Wave Catalyst

mizuno-wave-catalyst

Um modelo super leve, pesando 270gr (no tamamnho 41), para quem quer melhor a performance. O solado tem design diferenciado para dar maior suporte e tração durante a corrida.

Puma Ignite Ultimate

puma-ignite-ultimate

Com a tecnologia IGNITE na entressola, o tênis dá maior amortecimente e retorno de anergia durante a pisada. O cabedal é de tecido mesh e tem ranhuras no solado para dar maior flexibilidade na passada. Pesa 275gr (o peso do calçado varia de acordo com a numeração).

Nike HyperAdapt 1.0

Nike-HyperAdapt

Sabe aquele tênis que se ajusta automaticamente, em De Volta para o Futuro? Pois é, a Nike investiu em tecnologia para tornar esse tipo de coisa realidade! :O
O HyperAdapt 1.0 é a primeira etapa do conceito de amarração autoajustável que a Nike vem desenvolvendo desde 2013. A ideia é que quando você vestir o tênis, seu calcanhar toque um sensor e o sistema se ajuste automaticamente. Caso queira apertar ou soltar, você pode usar dois botões laterais, para deixar o ajuste perfeito. Demais, né? O produto vai ser lançado no final do ano e só será vendido para os membros do app Nike+.

Nike Free RN Motion Flyknit

Nike-Free-RN-Motion-Flyknit

Mais um membro para a família Nike Free! Como todos os outros produtos da linha, o Free RN Motion Flyknit tem a sola com ranhuras, que fazem o solado ser muito flexível, dando a impressão de que o corredor está descalço. Ele tem entressola auxética que imita o jeito com que o corpo e o pé reagem à força e é compost de duas espumas fundidas através de calor. O modelo tem mais amortecimento do que os últimos modelos Nike Free lançados, o que me fez ficar bem curiosa com ele porque sempre tive problemas com o pouco amortecimento da linha. Chega às lojas dia 05 de maio.

Dafiti: Coleção Outono/Inverno 2016

dafiti-outono-inverno-2016

A Dafiti acaba de lançar peças de Outono/Inverno para a Dafiti Collection. São quatro principais tendências: Free Spirited (com looks mais boêmios e muito tricô e suede misturados a estampas étnicas), Preppy (muito rosa, marinho, vermelho e azul claro em peças com pregas, com inspiração bem colegial), Rising Star (um toque de rockstar, com muito brilho e detalhes metalizados) e Royal Garden (inspirada na realiza, com brasões e arabescos).
Os calçados não ficaram de fora! Tem muito salto grosso (dá-lhe conforto!), oxfords (AMOOOO), amarrações e botas over-the-knee (acho lindo, mas minha batata da perna não cabe em nenhuma).

Sephora: Contour 101 Face Palette

sephora-contouring-face

A nova paleta da linha Sephora Collection (toda importada da França, meu amor) é para quem quer aprender e dominar a técnica de contorno facial. Tem textura em pó, com três cores que trabalham como duo, um iluminador em forma de X e outro mais rasado.

Mattel: Barbie Fashionistas 2016

Os primeiros modelos a chegar ao Brasil: Powder Pink, Dolled Up Dots, Glam Team, Smile with Style, Ice Cream Romper, Rock’n Roll Plaid, Terrific Teal, White and Oink Pizzazz, Chambray Chic e Crazy for Coral.

Os primeiros modelos a chegar ao Brasil: Powder Pink, Dolled Up Dots, Glam Team, Smile with Style, Ice Cream Romper, Rock’n Roll Plaid, Terrific Teal, White and Oink Pizzazz, Chambray Chic e Crazy for Coral.

Lembra das Barbies com biotipos diferentes, que falamos mês passado? Pois elas já estão chegando às lojas! 😀
Durante o mês de março a venda será exclusiva na rede Ri Happy (inclusive pelo site) e os modelos chegarão aos poucos. As primeiras a serem vendidas serão os modelos acima: Powder Pink, Dolled Up Dots, Glam Team, Smile with Style, Ice Cream Romper, Rock’n Roll Plaid, Terrific Teal, White and Oink Pizzazz, Chambray Chic e Crazy for Coral. Até o final do ano todos os 34 modelos chegam às lojas.
Demais, né? Tem uma ou outra que quero pra mim (boneca depois dos 30 pode sim, me deixa!), tipo a Ruvinha de cabelo enrolado (chamada de Terrific Teal) e outras que ainda não chegaram às lojas. Já sei o que pedir de aniversário em junho. Hehehe. 😀

adidas + Salinas

adidas-salinas-2

Desde o dia 15 está nas lojas a nova coleção adidas + Salinas, mais uma colaboração da grife praiana com a marca esportiva. A estampa da vez teve inspiração no elemento terra e tem desenhos florais misturados a detalhes tribais. São 15 peças, de tops a tênis, que contam com as tecnologias ClimaLite, ClimaCool e Infinitex, além de terem Proteção Solar FPS 50+.

Grupo AMC Têxtil: Fashion Comics

fashion-comics

A nova coleção do Grupo AMC Têxtil traz personagens da Warner Bros (como a Liga da Justiça), Looney Tunes e Hanna Barbera. Tem peças inteiramente estampadas, modelagens diferentes, detalhes em couro e macramê e algumas lavagens diferentes. Uma das linhas, a Art Gallery, tem estampas criadas por artistas do mundo inteiro, inspirados pelos personagens. Chegam às lojas agora na segunda quinzena de março.

ana

32 anos, do ABC Paulista, diretora de arte. Já nadou, jogou futebol, correu, praticou musculação... Mantém a disposição se alimentando bem e se mexendo regularmente.

>> Veja mais posts dessa autora

Hoje damos início à série de posts sobre “temperos naturais que a Ju usa e ama”, hahahahah. Brincadeiras à parte, apesar de me achar uma péssima cozinheira porque sou muito preguiçosa na cozinha, eu sou apaixonada pelo poder das ervas, plantas e temperos. Quando conhecemos um pouco mais sobre esses itens, fica muito mais fácil e prático torná-los nossos aliados para manter a saúde em dia.

A Cúrcuma ou Açafrão da Terra (o nome científico é Curcuma Longa), é uma planta herbácea da família do gengibre, originária da Ásia. Da sua raiz é possível extrair o pó que pode ser usado como condimento ou corante.

É um potente anti-inflamatório natural, antiséptico, antioxidante e antibacteriana, por isso ajuda a combater inflamações e doenças. E existem estudos que mencionam que a Curcumina, substância encontrada na cúrcuma, pode ajudar na prevenção do câncer, de problemas nas cataratas e doenças do coração. Pode ajudar também na diminuição do colesterol, desacelerar o avanço do Mal de Alzeheimer e diminuir as dores causadas pela Artrite Reumatóide.

Como inserir a Cúrcuma ou Açafrão da Terra na alimentação?

Achei em alguns textos que a cúrcuma possui um sabor picante. Não sei se pelo fato de utilizar esse tempero há bastante tempo, eu não noto essa característica picante. Uma sugestão para quem ainda não consegue a cúrcuma, é colocar o tempo aos poucos e aumentar a quantidade conforme o paladar for ajustando. É como pimenta, quando mais consumimos, menos sentimos o ardor.

Como utilizar a Cúrcuma ou Açafrão da Terra na alimentação?

Eu uso a cúrcuma no ovo frito, em cima do ovo cozido, na hora de temperar o peito de frango, no frango da sopa, ou melhor, em todo e qualquer frango que eu vá temperar e na crepioca também. Algumas pessoas usam no arroz, mas eu não tenho esse hábito.

Dica exxxxperta: como eu uso esse tempero todo dia, em praticamente todas as refeições que eu preparo, eu deixo o pó da cúrcuma é um saleiro pequeno. Como a cúrcuma é um corante bem forte e impregna nos dedos, o saleiro foi a melhor opção que achei.

IMG_1714

Dá para cultivar a Cúrcuma na hortinha de casa? 

Entrei em contato com a Sabor de Fazenda – Ervas e Temperos para saber mais sobre o cultivo em casa e e eles me informaram que podemos tê-la em um vaso grande acima de 40 de profundidade. O tempo para a colheita é de aproximadamente 6 meses quando as folhas ficam feias, secas e caem. Aí vale a pena verificar a quantidade de espaço que você terá em casa para a horta e estudar se é viável ou não escolher essa plantar para compor sua hortinha.

E vocês, já usam o Açafrão da Terra com frequência? Como gostam de usá-lo? Deixa a dica aí nos comentários. Ah! Diz pra mim qual outro tempero vocês gostariam de saber mais 😉

 

juliana

Quase 38, Paulistana de coração há 16 anos. Cuidadora das finanças alheias, mãe de 2 lindezas. Já treinou Vôlei, Tae Kwon Do, tentou natação, judô,...

>> Veja mais posts dessa autora

Todo mundo tem aqueles produtos de beleza que não vive sem, né? A gente veio mostrar os nossos para você, incluindo um que vai da cozinha pro cabelo, uma maravilha! X)

Falamos sobre hidratar o cabelo com óleo de côco, produtos anti-assadura e a salvação de quem tem pele irritável na praia. Ficou curiosa? Dá o play, mulhé!

água thermal Vichy, óleo de côco Copra, Zero Atrito da Bula Verdde, geléria de vaselina Vasenol e Redless da Pinkcheeks.

água thermal Vichy, óleo de côco Copra, Zero Atrito da Bula Verdde, geléria de vaselina Vasenol e Redless da Pinkcheeks.

ana

32 anos, do ABC Paulista, diretora de arte. Já nadou, jogou futebol, correu, praticou musculação... Mantém a disposição se alimentando bem e se mexendo regularmente.

>> Veja mais posts dessa autora

Há poucas semanas (mais precisamente no dia 28/fev), estava em casa com o marido assistindo a cobertura do Super Salto, que aconteceu pertinho do Museu do Amanhã, na Pça Mauá, zona portuária do Rio. Para quem não sabe o que é, o Super Salto é uma competição composta por duas modalidades: salto em distância e salto com vara.

Além do desempenho dos atletas (que era seguido por nossos comentários super hiper blaster técnicos – só que não), claaaro que não pude deixar passar o estilo das atletas. Preciso dizer que amo eventos esportivos e amoooo ver a diversidade e a comunicação de cada atleta através do estilo pessoal.

vaidade-atletas-olimpicas1

Da esquerda para direita: Alysia Montaño (atletismo – EUA), Jaqueline (vôlei – Brasil), Shelly-Ann Fraser-Pryce (atletismo – Jamaica) e Floria Guei (atletismo – França). | Abaixo: Sanya Richards-Ross (atletismo – EUA) e Kira Biesenbach (heptatlo – Alemanha).

Cada qual com sua raiz, história de vida, dificuldades pelo caminho e tudo o que ralou para “chegar lá”. Eu tenho só uma breve noção das poucas condições da maioria delas. Li muitas histórias, entre elas a de atletas que venderam bens e até de quem fez “vaquinha” entre os amigos para conseguir sustentar o seu sonho.
Mas só quem está na pele sabe o quanto sofreu, a dureza de ir contra as expectativas e não perder a esperança de representar o seu país em um evento mundial. E por isso mesmo essas atletas estão liiindas dando o melhor de si, sem deixar de lado o seu estilo.

Aí fica a pergunta: por que nós, meras atletas amadoras, não podemos nos inspirar nessas mulheres maravilhosas?

vaidade-atletas-olimpicas2

Da esq. pra direita: Maria Stepanova (basquete – Rússia), Linda Züblin (heptatlo – Suíça) e Martina Pretelli (atletismo – República de San Marino). | Abaixo: Terezinha Guilhermina liiinda (atletismo – Brasil) e DeeDee Trotter (atletismo – EUA).

Sabe o que eu acho de tudo isso? O máximo!

Porque as chances de suar e de se descabelar está em 100%, mas isso não impede nem um pouco a pessoa se permitir ousar.
Porque é o momento da atleta brilhar. Por que não celebrar? ❤
E se a pessoa for pelo lado contrário (não querer se maquiar ou fazer um penteado X), também não significa sinal de desleixo. O nome disso é individualidade, ter suas próprias opiniões, seu próprio estilo. E isso é lindo também! ❤

vaidade-atletas-olimpicas3

Amanda Bingson (arremesso de peso – EUA), Hyleas Fountain (heptatlo – EUA) e Murielle Ahouré (atletismo – Costa do Marfim). | Abaixo: Simona Gioli (vôlei – Italia), Keila Costa (salto triplo – Brasil) e Annette Edmondson (ciclismo – Austrália).

Trazendo para o nosso lado…

Fica aí o exemplo para todas nós, esportistas amadoras. Além de todo o trabalho duro que temos e toda uma vida pra administrar (trabalho fora, vida social, parceiro, filhos…), não é porque você vamos suar a camisa e nos derreter toda durante uma atividade física, que vamos desanimar em fazer uma “graça”.

Claro que o que conta de verdade é o treino pesado e o resultado final. Mas também não significa que podemos deixar esse lado vaidosinho de lado. É como escolher a armadura de batalha. Mas, claro, respeitando sempre a individualidade. 🙂

É da turma que curte se emperequetar? Mande os outros que tiram barato com sua cara plantar batatas e se jogue, fia!
É da turma das básicas? Não se sinta diminuída porque suas amigas gostam de paquitar e você não.
Da mesma forma não é nada legal julgar quem faz isso. 🙂
Assim todo mundo vive na sua, feliz e em perfeita harmonia.

E aí, é da turma das básicas ou das que gostam de uma firula?

erica

36 anos, de São Paulo, gestora de moda. Filha de pai japonês e mãe nordestina (Pi), é paulistana de nascença, mas já morou em Manaus,...

>> Veja mais posts dessa autora

Muito se fala das Olimpíadas, conheço bastante gente que já garantiu ingresso para vários dias e competições e mais gente ainda que ficou chupando o dedo. Para essas que reclamam de não ter conseguido ingressos, sempre questiono o por que de não comprarem ingressos para as Paralimpíadas. A resposta é quase sempre a mesma: “Nossa, nem tinha pensado nisso”. Pois é. Então vem cá assistir um vídeo:

Garanto que você se emocionou. Eu, no auge da minha TPM, caí em lágrimas. O vídeo é um compilado de alguns momentos dos paratletas no Parapan de Toronto, ano passado. Foi a maior delegação do país em um Parapan e resultou em um saldo total de 257 sendo trazidas para o Brasil. Dessas, 109 foram de ouro (um número superior à quantidade de ouros conseguidas por Canadá e Estados Unidos JUNTOS).

Os paratletas brasileiros arrasam em competições e precisam de apoio e suporte tanto quanto os atletas que representarão o país na Rio 2016. E é por isso que a gente aqui no Acordei Disposta bate tanto na tecla: VÁ ÀS PARALIMPÍADAS. Se você tem a oportunidade de ir ao Rio de Janeiro em alguma das datas da competição, assista à algum paratleta brasileiro. Se você mora no Rio, tente reservar um dia de folga no trabalho para poder acompanhar algum esporte de perto. Duvido muito que você não ache a experiência rica e inspiradora. E, se você realmente se empolgar, assista a competições de outros países também. Por mais que a gente torça pelo nosso país, vibrar e torcer para paratletas de outras nacionalidades também é gostoso.

Os Jogos Paralímpicos Rio 2016 acontecerão entre os dias 07 e 18 de setembro. Já falamos sobre a compra de ingressos, mas não custa reforçar: as competições acontecerão em quatro áreas do Rio de Janeiro (Barra, Deodoro, Maracanã e Copacabana) e custam a partir de R$ 10. Os esportes com ingressos a R$ 10 são: bocha, tênis de mesa, tiro com arco, maratona, tênis em cadeira de rodas, halterofilismo, goalball e esgrima em cadeira de rodas. Os demais esportes tem ingressos entre R$ 20 e R$ 130. As cerimônias de abertura e encerramento são um pouco mais salgadas, custando entre R$ 100 e R$ 1.200. Pessoalmente, sou MALUCA para assistir a uma cerimônia de abertura ou encerramento de Olimpíadas e Paralimpíadas. Deve ser um evento lindo demais.

Para saber mais sobre os ingressos e locais onde cada esporte será disputado, vale a pena olhar o guia de ingressos oficial.

ana

32 anos, do ABC Paulista, diretora de arte. Já nadou, jogou futebol, correu, praticou musculação... Mantém a disposição se alimentando bem e se mexendo regularmente.

>> Veja mais posts dessa autora