Todo mundo tem aqueles produtos de beleza que não vive sem, né? A gente veio mostrar os nossos para você, incluindo um que vai da cozinha pro cabelo, uma maravilha! X)

Falamos sobre hidratar o cabelo com óleo de côco, produtos anti-assadura e a salvação de quem tem pele irritável na praia. Ficou curiosa? Dá o play, mulhé!

água thermal Vichy, óleo de côco Copra, Zero Atrito da Bula Verdde, geléria de vaselina Vasenol e Redless da Pinkcheeks.

água thermal Vichy, óleo de côco Copra, Zero Atrito da Bula Verdde, geléria de vaselina Vasenol e Redless da Pinkcheeks.

juliana

Intensa. Intensa em alto volume. Coloco até pedra para queimar. Minha luta diária é baixar essa intensidade e conseguir viver em um mínimo de equilíbrio....

>> Veja mais posts dessa autora

Há poucas semanas (mais precisamente no dia 28/fev), estava em casa com o marido assistindo a cobertura do Super Salto, que aconteceu pertinho do Museu do Amanhã, na Pça Mauá, zona portuária do Rio. Para quem não sabe o que é, o Super Salto é uma competição composta por duas modalidades: salto em distância e salto com vara.

Além do desempenho dos atletas (que era seguido por nossos comentários super hiper blaster técnicos – só que não), claaaro que não pude deixar passar o estilo das atletas. Preciso dizer que amo eventos esportivos e amoooo ver a diversidade e a comunicação de cada atleta através do estilo pessoal.

vaidade-atletas-olimpicas1

Da esquerda para direita: Alysia Montaño (atletismo – EUA), Jaqueline (vôlei – Brasil), Shelly-Ann Fraser-Pryce (atletismo – Jamaica) e Floria Guei (atletismo – França). | Abaixo: Sanya Richards-Ross (atletismo – EUA) e Kira Biesenbach (heptatlo – Alemanha).

Cada qual com sua raiz, história de vida, dificuldades pelo caminho e tudo o que ralou para “chegar lá”. Eu tenho só uma breve noção das poucas condições da maioria delas. Li muitas histórias, entre elas a de atletas que venderam bens e até de quem fez “vaquinha” entre os amigos para conseguir sustentar o seu sonho.
Mas só quem está na pele sabe o quanto sofreu, a dureza de ir contra as expectativas e não perder a esperança de representar o seu país em um evento mundial. E por isso mesmo essas atletas estão liiindas dando o melhor de si, sem deixar de lado o seu estilo.

Aí fica a pergunta: por que nós, meras atletas amadoras, não podemos nos inspirar nessas mulheres maravilhosas?

vaidade-atletas-olimpicas2

Da esq. pra direita: Maria Stepanova (basquete – Rússia), Linda Züblin (heptatlo – Suíça) e Martina Pretelli (atletismo – República de San Marino). | Abaixo: Terezinha Guilhermina liiinda (atletismo – Brasil) e DeeDee Trotter (atletismo – EUA).

Sabe o que eu acho de tudo isso? O máximo!

Porque as chances de suar e de se descabelar está em 100%, mas isso não impede nem um pouco a pessoa se permitir ousar.
Porque é o momento da atleta brilhar. Por que não celebrar? ❤
E se a pessoa for pelo lado contrário (não querer se maquiar ou fazer um penteado X), também não significa sinal de desleixo. O nome disso é individualidade, ter suas próprias opiniões, seu próprio estilo. E isso é lindo também! ❤

vaidade-atletas-olimpicas3

Amanda Bingson (arremesso de peso – EUA), Hyleas Fountain (heptatlo – EUA) e Murielle Ahouré (atletismo – Costa do Marfim). | Abaixo: Simona Gioli (vôlei – Italia), Keila Costa (salto triplo – Brasil) e Annette Edmondson (ciclismo – Austrália).

Trazendo para o nosso lado…

Fica aí o exemplo para todas nós, esportistas amadoras. Além de todo o trabalho duro que temos e toda uma vida pra administrar (trabalho fora, vida social, parceiro, filhos…), não é porque você vamos suar a camisa e nos derreter toda durante uma atividade física, que vamos desanimar em fazer uma “graça”.

Claro que o que conta de verdade é o treino pesado e o resultado final. Mas também não significa que podemos deixar esse lado vaidosinho de lado. É como escolher a armadura de batalha. Mas, claro, respeitando sempre a individualidade. 🙂

É da turma que curte se emperequetar? Mande os outros que tiram barato com sua cara plantar batatas e se jogue, fia!
É da turma das básicas? Não se sinta diminuída porque suas amigas gostam de paquitar e você não.
Da mesma forma não é nada legal julgar quem faz isso. 🙂
Assim todo mundo vive na sua, feliz e em perfeita harmonia.

E aí, é da turma das básicas ou das que gostam de uma firula?

juliana

Intensa. Intensa em alto volume. Coloco até pedra para queimar. Minha luta diária é baixar essa intensidade e conseguir viver em um mínimo de equilíbrio....

>> Veja mais posts dessa autora

Muito se fala das Olimpíadas, conheço bastante gente que já garantiu ingresso para vários dias e competições e mais gente ainda que ficou chupando o dedo. Para essas que reclamam de não ter conseguido ingressos, sempre questiono o por que de não comprarem ingressos para as Paralimpíadas. A resposta é quase sempre a mesma: “Nossa, nem tinha pensado nisso”. Pois é. Então vem cá assistir um vídeo:

Garanto que você se emocionou. Eu, no auge da minha TPM, caí em lágrimas. O vídeo é um compilado de alguns momentos dos paratletas no Parapan de Toronto, ano passado. Foi a maior delegação do país em um Parapan e resultou em um saldo total de 257 sendo trazidas para o Brasil. Dessas, 109 foram de ouro (um número superior à quantidade de ouros conseguidas por Canadá e Estados Unidos JUNTOS).

Os paratletas brasileiros arrasam em competições e precisam de apoio e suporte tanto quanto os atletas que representarão o país na Rio 2016. E é por isso que a gente aqui no Acordei Disposta bate tanto na tecla: VÁ ÀS PARALIMPÍADAS. Se você tem a oportunidade de ir ao Rio de Janeiro em alguma das datas da competição, assista à algum paratleta brasileiro. Se você mora no Rio, tente reservar um dia de folga no trabalho para poder acompanhar algum esporte de perto. Duvido muito que você não ache a experiência rica e inspiradora. E, se você realmente se empolgar, assista a competições de outros países também. Por mais que a gente torça pelo nosso país, vibrar e torcer para paratletas de outras nacionalidades também é gostoso.

Os Jogos Paralímpicos Rio 2016 acontecerão entre os dias 07 e 18 de setembro. Já falamos sobre a compra de ingressos, mas não custa reforçar: as competições acontecerão em quatro áreas do Rio de Janeiro (Barra, Deodoro, Maracanã e Copacabana) e custam a partir de R$ 10. Os esportes com ingressos a R$ 10 são: bocha, tênis de mesa, tiro com arco, maratona, tênis em cadeira de rodas, halterofilismo, goalball e esgrima em cadeira de rodas. Os demais esportes tem ingressos entre R$ 20 e R$ 130. As cerimônias de abertura e encerramento são um pouco mais salgadas, custando entre R$ 100 e R$ 1.200. Pessoalmente, sou MALUCA para assistir a uma cerimônia de abertura ou encerramento de Olimpíadas e Paralimpíadas. Deve ser um evento lindo demais.

Para saber mais sobre os ingressos e locais onde cada esporte será disputado, vale a pena olhar o guia de ingressos oficial.

juliana

Intensa. Intensa em alto volume. Coloco até pedra para queimar. Minha luta diária é baixar essa intensidade e conseguir viver em um mínimo de equilíbrio....

>> Veja mais posts dessa autora

Skechers: novos tênis de corrida

Os lançamentos são voltados para os corredores que gostam de mais amortecimento (eu! eu!), com pisada com a parte central do pé. Ambos tem a entressola Resalyte, os sensores GOimpulse no solado, a palmilha Goga Mat que tem alto retorno de energia e conforto, a placa Dupont para ajudar na estabilidade e o Power Pillars, pilares que ficam no meio do pé para aumentar a estabilidade e evitar o desgate na área de maior impacto. Os dois também tem outra coisa em comum: são feitos em malha FITKNIT, respirável e confortável.

skechers-gorun-ultra-road

– GOrun Ultra Road: Esse modelo é o melhor modelo de amortecimento da marca e ainda mantém o peso leve (pesa 218gr., no tamanho 36 feminino). Tem drop de 4mm e detalhes reflexivos. O que é esse primeiro, laranja e verde? LINDOOO!

skechers-gorun-vortex

– GOrun Vortex: O modelo vem com a malha em dois tons no cabedal, com várias opções em cores mais neutras. Ele vem com cadarço reforçado e tem detalhe reflexivo, para maior segurança. Tem 10mm de drop e pesa 292gr. no tamanho 41 masculino.

Nike: LunarEpic Flyknit

Nike-Lunarepic-flyknit

Nunca falei pra vocês, mas eu sou a doida do tênis cano alto. No dia-a-dia basicamente só uso esse tipo de tênis, os de cano curto eu deixo praticamente só pra academia. Falei isso porque, mesmo assim, nunca tinha passado pela minha cabeça a ideia de um tênis de corrida cano alto ou até mesmo médio. E aí vi o LunarEpic e WOW! COMO EU NUNCA PENSEI NISSO ANTES! :O
Criado com inspiração em uma chuteira de futebol da Nike, o modelo é pensado para que pés, tornozelos e pernas trabalhem juntos, para enfatizar os movimentos naturais e dar sensação de fluidez ao atleta. O cabedal é todo em Nike Flyknit, aquela malha linda que parece tricô e tem um peso levíssimo. O cano médio é para aumentar a segurança sensorial e física. A entressola tem estrutura Lunarlon e alguns detalhes para dar mais durabilidade e maciez. Na sola há cinco cilindros que se movimentam individualmente durante a passada, dando uma compressão mais localizada para favorecer a fluidez das passadas.
Já está à venda e eu tô aqui babando, sem saber qual cor é a minha favorita. O roxo e o laranjão estão demais, mas gosto tanto de amarelo e verde água… ai ai ai. Hahahha. X)

TomTom: Runner 2

tomtomrunner2

O TomTom Runner 2 vem com um feature bem interessante: player de música integrado. O relógio terá 3 GB de espaço para músicas e é compatível com vários fones de ouvido Bluetooth®. Também já vem com uma playlist exclusiva com curadoria feita pelo Ministry of Sound. Coisa fina, hein? Quem quiser também poderá transferir listas de reproduçnao do iTunes ou do Windows Media® Player.
Além disso, o aparelho tem sensor de frequência cardíaca embutido (adeus, cinta!), GPS em tempo real e monitoramente de atividades 24h. O modo multi-sport permite que você monitore diversas atividades indoor e outdoor, como corrida, ciclismo, musculação e natação.

 

 

SOLO: Camiseta SOLO ION UV

Solo-Camisetas_UV

A SOLO lançou uma nova linha de roupas com proteção UPF 50+ e o destaque são as camisetas ION UV.  O produto bloqueia os raios solares durante toda sua vida úitl, sem esquentar ou abafar. Feita com tecido leve, secagem rápida e tratamento contra a proliferação de bactérias causadoras do mau cheiro, ela é indicada para a prática esportiva. O produto tem versões manga curta e longa, para ambos os sexos. Para as crianças, apenas o modelo manga longa está disponível. A Ju já falou aqui no blog sobre a importância das crianças utilizarem esse tipo de camiseta quando vão para a praia ou piscina, vale a pena dar uma lida. 😉
A linha ainda conta com bermuda e camisa masculinas.

Extra: Linha fitness 2016

extra-linhafitness2016

Chega às lojas Extra a nova linha fitness feminina, com peças básicas e charmosas. Há opções de tops e corsários e um modelo único de saia-shorts. As peças, fabricadas em elastano e poliamida, são indicadas para musculação e exercícios aeróbicos. Achei muito chamoso esse top rosa com as tiras no peitoral.

Cadence: Squeeze STF100

squeeze-cadence-filtro

Esse squeeze tem um purificador de água acoplado, para filtrar a água enquanto você bebe. Uau! A gente adorou a ideia. Tem capacidade para 550ml e pode ir à geladeira.

C&A: Collection Ateen

cea-ateen

Não é só de roupa de treino que a gente vive, né? Hahaha. Essa nova coleção da C&A com a marca carioca Ateen chega às lojas amanhã e vem totalmente na pegada boho, beeeem anos 70. Eu não sou muito desse estilo, mas teve peça que fez meus olhos brilhares (e, coincidentemente, todas elas estão nessa imagem aí de cima. Hahaha). Adoro essas coleções especiais da C&A, é sempre legal ver produtos criados por estilistas de marcas mais caras fazendo peças mais acessíveis.

juliana

Intensa. Intensa em alto volume. Coloco até pedra para queimar. Minha luta diária é baixar essa intensidade e conseguir viver em um mínimo de equilíbrio....

>> Veja mais posts dessa autora

Nos últimos anos começamos a ouvir um pouco mais sobre o Rugby, né? Pelo menos eu conheço algumas pessoas que começaram a acompanhar campeonatos internacionais e se apaixonaram pelo esporte, mas confesso que até sentar para pesquisar para esse post não sabia praticamente nada sobre ele. A única coisa que conhecia eram os hakas (dança típica Maori) que a seleção neozeolandesa vira e mexe apresenta, saca só:

O Rugby é um esporte super popular em países colonizados pelos ingleses, como a Irlanda, a Austrália e a Nova Zelândia. Com o tempo, foi ganhando o mundo e hoje já é também paixão na Argentina, nos EUA, na Alemanha e até na China. O esporte cresceu tanto que a Copa do Mundo de Rugby já é o terceiro evento esportivo do planeta, com uma audiência de mais de 4 bilhões de pessoas. :O

Aqui no Brasil o esporte tem recebido mais espaço, o investimento no esporte cresceu e, só nos últimos 3 anos, passamos da 45ª para a 27ª posição no ranking da International Rugby Board (IRB), na categoria Masculina Adulta. Na categoria Feminino, estamos melhor ainda: conquistamos a 10ª posição no último Campeonato Mundial, realizado em 2009. A seleção feminina é tida como a melhor equipe da América Latina, ganhando de países onde o Rugby já é considerado um esporte tradicional, como a Argentina e o Chile.

Regras

Há algumas modalidades de Rugby: “15-a-side”(também conhecido como “Rugby 15”), “Rugby 7”, “Tag”e “Beach Rugby”, mas como nas Olimpíadas somente a modalidade Rugby 7 faz parte dos jogos, vamos falar apenas as regras dela, ok?

  • Cada partida dura 14 minutos e é dividida em dois tempos de 7 minutos cada. Na final, o tempo da partida é de 20 minutos (10 minutos em cada tempo);
  • Os pontos podem ser marcados de 4 maneiras:
    • Try (vale 5 pontos) – Quando a bola é apoiada no chão depois da linha do gol;
    • Penalidade (vale 3 pontos) – Quando um jogador sofre uma falta, ele pode escolher chutar a bola por cima do travessão, entre os postes do time adversário;
    • Drop Goal (vale 3 pontos) – Quando um jogador chuta para o “gol”, de qualquer lugar do campo;
    • Conversão (vale 2 pontos) – Depois de marcar um Try, o jogador pode chutar a bola por cima do travessão e entre os postes do time adversário, de um ponto da linha onde o Try foi marcado.
  • Os passes podem ser feitos de mão em mão, desde que sejam feitos para um companheiro de equipe que esteja em posição menos avançada que a dele;
  • A bola pode ser chutada a qualquer momento. Se o chute for feito em direção ao ataque, somente o jogador que fez o chute ou seus companheiros de equipe que estavam atrás dele no momento do chute podem tocar a bola novamente. Caso a bola seja chutada para a saída lateral do campo, o time adversário recebe um “line-out” (arremesso lateral);
  • Faltas graves e jogadas perigosas são marcadas como penalidades. O time que sofre a falta pode escolher entre um chute direto ao gol ou lançamento de bola pela lateral do campo, para colocá-la novamente em jogo;
  • Faltas leves são penalizadas com um “Scrum”, quando 3 jogadores de cada equipe disputam a bola;
  • O número máximo de substituições em cada jogo é de 5 por equipe;
  • Ganha a equipe que fizer mais pontos.

O Brasil e o Rugby nas Olimpíadas Rio 2016

rugby-feminino-mar16

Por ser país sede, ambas as seleções já estão classificadas para a competição. Ainda não foi divulgada a escalação de nenhuma das seleções, mas isso deve ocorrer até dia 18/07/2016.

A seleção feminina ficou em primeiro lugar no Torneio Sul-Americano de Rugby 7, no começo deste mês.

Você Sabia?

– Essa é a primeira vez que o Rugby 7 será disputado nas Olimpíadas. O esporte foi uma das indicações de Londres para os Jogos;
– O Rugby 15 foi disputados nos Jogos Olímpicos de 1900, 1908, 1920 e 1924;
– Os torcedores de Rugby costumam ir fantasiados aos jogos, transformando os jogos em grandes festas.

juliana

Intensa. Intensa em alto volume. Coloco até pedra para queimar. Minha luta diária é baixar essa intensidade e conseguir viver em um mínimo de equilíbrio....

>> Veja mais posts dessa autora

A Ju falou sobre o Taekwondo e eu resolvi pesquisar um pouco mais sobre um esporte que, confesso, eu não sabia absolutamente nada: o Pentatlo Moderno.

Antes, vamos lembrar do antigo Pentatlo, disputado nos Jogos da Antiguidade desde 708 a.C. Nele, os atletas disputavam provas de lançamentos de dardo e disco, saltos em distância e altura, luta e corrida. Era considerado o esporte mais nobre da competição e o ganhador era considerado o grande campeão da competição. Até os espartanos gostavam do esporte, utilizando a modalidade para selecionar os melhores e mais completos soldados. Era uma modalidade com muito prestígio.

Agora vamos ao Pentatlo Moderno, criado por um militar sueco no fim do século 19. A ideia foi adaptar o esporte para uma situação militar, onde o soldado teria que entregar mensagens atrás das linhas inimigas, utilizando diversos recursos: cavalo, tiro, esgrima, natação e corrida. O Barão Pierre de Coubertin, criador dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, era entusiasta da modalidade e a inseriu nos Jogos em 1912. A ideia dela era de que a modalidade tivesse tanto destaque quanto tinha nos Jogos da Antiguidade, mas não foi bem o que aconteceu. Com a disputa dividida em até cinco dias, o público perdia o interesse. Por esse motivo, desde 1996 todas as provas acontecem em um único dia.

Os atletas dessa modalidade são considerados os mais completos das Olimpíadas e não é por menos, né? Em um único dia eles disputam esgrima, natação, hipismo e terminam no evento combinado (que une corrida e tiro a laser). Eu fico aqui pensando na disposição e preparo que esses atletas tem que ter. :O

Nas Olimpíadas o esporte é disputado em provas individuais (feminino e masculino), mas fora da competição também pode ser disputado em equipes.

Regras

  • Esgrima
    • O primeiro a tocar o adversário é considerado o vencedor;
    • O combate dura 1 minutos e, se nesse tempo nenhum dos dois conseguir vencer, ambos são considerados perdedores;
    • Há uma rodada classificatória e, após isso, os combates recomeçam respeitando sempre a ordem: o último colocado das classificatórias enfrenta o atleta que ficou acima dele no ranking e, o ganhador, enfrenta o próximo do ranking, até chegar ao primeiro colocado;
    • A soma de pontos é feira nessa segunda rodada, com o atleta somando 1 ponto a cada vitória.
  • Natação
    • A prova tem 200m;
    • A soma de pontos é feita através do tempo obtido.
  • Hipismo
    • 20 minutos antes da prova começar, acontece o sorteio de cavalos. Só nessa hora os atletas ficam sabendo qual cavalo vão cavalgar na prova;
    • O percurso tem entre 350 a 400m, com 12 obstáculos de salto (10 com barras simples e 2 com barras duplas);
    • O tempo para conclusão da prova é pré-determinado;
    • Há dedução de pontos por penalidade.
  • Evento Combinado
    • A largada é handicap (quando há intervalos entre a largada de um atleta e outro), definida através do ranking de pontos obtidos nas provas anteriores;
    • O percurso de corrida é de 3,2km;
    • Há 4 paradas para tiro, a cada 800m;
    • Os tiros são realizados de pé, com apenas uma mão, sem apoio algum;
    • O alvo fica a 10 metros de distância dos atletas.
  • Resultado final
    • Ganha o atleta que tiver conquistado mais pontos após a somatória do resultado das provas do dia.

O Brasil e o Pentatlo Moderno nas Olimpíadas Rio 2016

Yane com o bronze em mãos em Londres 2012.

Yane com o bronze em mãos em Londres 2012.

Em 2012, Yane Marques conquistou a primeira medalha olímpica no esporte entre os países do hemisfério sul, levando o bronze para casa. Por enquanto, Yane é a única representando brasileira nas Olimpíadas Rio 2016. A vaga masculina ainda não foi decidida, mas já está garantida porque o Brasil é o país-sede.

Você Sabia?

– Apenas em 2000 as mulheres passaram a competir no esporte, nas Olimpíadas.

– Apenas em 2012 a prova de tiro foi combinada com a de corrida. Antes, era ela quem abria a competição.

juliana

Intensa. Intensa em alto volume. Coloco até pedra para queimar. Minha luta diária é baixar essa intensidade e conseguir viver em um mínimo de equilíbrio....

>> Veja mais posts dessa autora