No último domingo (10/03) aconteceu em São Paulo a 2ª edição da Corrida e Caminhada Movimento pela Mulher, iniciativa que traz à tona um assunto que infelizmente ainda é tão recorrente, a violência contra a mulher.

movimento-pela-mulher-acordeidisposta

Assim que saíram as inscrições, já corremos pra fazer. Queríamos correr (claro!), mas principalmente ajudar numa causa – R$ 10,00 do valor de cada inscrição desta corrida foram doados para ONGs e Associações que atuam na defesa dos direitos das mulheres. Não havia sombra de dúvidas que esta seria a primeira prova de 2016 que iríamos participar.

Nós aqui no AD, temos um compromisso de incentivar todo mundo a se mexer. Mas além disso, queremos que este espaço e o das redes sociais sirvam para incentivar as mulheres a se amar do jeito que são, se cuidarem, se informarem e lutarem por seus direitos. 🙂

O Kit da prova, que foi entregue na Marisa da Paulista, veio recheado de itens muito legais: camiseta de prova, gloss Avon, Revista Pense Leve, descontos, barrinhas de cereal Trio, meia e canelito Lupo. Gostei muito das cartilhas que vieram com informações sobre violência doméstica/obstétrica, com testes e descrições de situações/comportamentos que talvez algumas mulheres mal possuem discernimento de ser tratar de violência e opressão. Nestas cartilhas (bem ilustradas e da fácil linguagem) também vieram explicações de como proceder nestes casos e onde buscar ajuda.

corrida-movimento-pela-mulher-kit

O Kit

O evento aconteceu nas imediações do Ibirapuera com largadas distintas para 5k e 10k. A arena estava bem organizada e com algumas atrações fora do palco principal, onde aconteceu o aquecimento, show das “Amigas do Samba” e aula de yoga ministrada pelo Mahamudra.

A corrida foi tranquila e estava bem sinalizada com placas com frases em todo o percurso. Os pontos de hidratação estavam bem posicionados com água fresquinha. Como estou temporariamente off de corrida, obedeci o médico e alternei entre corrida e caminhada sem forçar em nenhum momento (estrelinha pra mim, seu doutô!). A Carô, que tinha arrebentado o pé no dia anterior, também não podia forçar e me acompanhou a corrida inteira. Nem preciso dizer que amei, né? hahahahahhahaha Aliás, a gente se acompanha muito em corridas lá no Ibira. Incrível coincidência! <3

corrida-movimento-pela-mulher-acordeidisposta

Com minha companheira de corrida <3

No pós prova tinha água, lanchinho, Gatorade e (claro!) aproveitar as atividades.

Tem mais ou menos uns quatro meses que não participava de uma corrida e nesta pude matar a saudade desse climão todo de uma prova. Se estou #chatyada porque não pude correr o percurso todo? Pra ser bastante sincera não meeeeixxxmo.

corrida-movimento-pelas-mulheres-medalha-2016

Saudades de fazer a minha tradicional foto da medalha, algo que eu faço deeeeesde o comecinho da minha carreira “corridística”. haha E o que é essa medalha LINDA?

Ao contrário dos outros anos, aprendi que tenho que respeitar o momento que estou vivendo, que devo curtir e aproveitar ao máximo tudo o que vier, sem caraminholas na cabeça. Sinal de maturidade? Pode ser! Ou não…hahahahhahaha

Enfim, correndo ou não foi tudo muuuuito legal, pude sentir a endorfina da mesma forma, fui super bem acompanhada pela Carô e no final ainda passei um tempão com as amigas. Valeu a pena sim! <3

corrida-movimento-pela-mulher-acordeidisposta2

Festa cazamigas! 💕 Charmene, Danizoca Romeu, Van, Carô e eu. Abaixo com dona
Miss Camila . ❤

Sobre a prova: estrutura e organização excelentes. Deu pra correr e curtir todo o evento, sem perder sua essência e esquecer de seu objetivo. Parabéns pela iniciativa, Latin Sports, Debs, Paula e Gabi Manssur. Evento show! E viva o empoderamento feminino! #fightlikeagirl #girlpower 👊👊